8 de fev de 2011

apenas um até logo...

Foram exatos três anos, e cada segundo, hora, dia e ano foi pouco, o mínimo, o suficiente. Pouco para tantas alegrias, carinho, amor, tantos momentos que ficaram para sempre em minha memória, em meu coração. Contudo foi o mínimo para demonstrar o quanto algumas pessoas são especiais, tão surreais! Será que elas são de carne e osso? Pois seu amor ultrapassa a distância momentânea e as diferenças, e vai além da possibilidade humana, alcançando a dimensão espiritual com seus joelhos dobrados e orações fervorosas que sobem até o céu e descem em forma de resposta, de benção. Mas foi o suficiente para criar laços que jamais serão desfeitos, afinal de contas o cordão de várias dobras nunca se quebrará. Com toda certeza, foi mais do que suficiente para tantas vitórias, para encher a bagagem de sorrisos, cumplicidade, amor, amizade. E, hoje eu parto, e meu coração se reparte, pois fica um pedaço dos meus melhores sentimentos com cada pessoa que fez parte da minha vida nesse tempo de tão grande aprendizado. Confesso que meu coração chorou de saudades antecipadas, meus olhos também... Mas, hoje eu faço uma prece especial e levanto bem alto minhas mãos agradecendo a Deus por ter manifestado a Sua fidelidade e amor através da vida de cada um de vocês. Obrigado, meu Deus, por ter várias vezes enviado o Seu sorriso, abraço, consolo e até mesmo um puxão de orelha através dessas pessoas, tão singelas e especiais, essenciais. Eu deixo com vocês meu sorriso mais sincero, meu sentimento mais puro e verdadeiro, meu maior abraço, minha melhor história, minha melhor intenção, toda minha compreensão, e da minha amizade, a maior porção. Isso não é um adeus, é apenas um até logo.